ARTESANATO BRASILEIRO

pexels-sanketh-rao-716107.jpg

 O artesanato brasileiro é um dos mais expressivos e mais ricos do mundo. Cada região possui uma maneira única de se expressar por meio da cultura e tradição. Grande parte das peças são de grupos de artesãos de pequenas cidades, e é uma das únicas fontes de renda de muitas comunidades pelo Brasil.

 Podemos afirmar que os primeiros artesãos brasileiros foram os indígenas, anteriormente a descoberta do Brasil, eles já usavam pigmentos naturais, cestaria, cerâmica, penas e plumas para criar os ornamentos e vestuário.

  Antigamente, os produtos artesanais eram vistos como um reflexo da necessidade de criar peças práticas para uso no dia-a-dia. Ao longo dos anos, o artesanato superou esta noção, alcançando a expressão artística de produção de peças para decoração.

 A produção de artesanato brasileiro vai muito além da função terapêutica de fazer ornamentos para decorar as casas. Os trabalhos manuais realizados em diversos estados têm o grande papel de preservar as tradições dos povos que formam o nosso país. 

Quer saber quais são os itens mais popular do artesanato brasileiro? Confira abaixo!

pexels-julie-aagaard-2766334.jpg
WhatsApp Image 2021-09-15 at 09.50.52.jpeg

1. CERÂMICA E BONECOS DE BARROS

  As peças cerâmicas é um tipo de artesanato comum no Nordeste, nesta região é mais fácil encontrar barro e argila, além da técnica ser considerada uma herança cultural. A arte feita pelos indígenas mesclou à tradição barrista europeia e aos padrões africanos, gerando uma cerâmica utilitária e figurativa.

  As peças de cerâmica utilitária que mais se destaca são os vasos, tigelas, copos e pratos. Enquanto, a cerâmica figurativa produz diversos bonecos que retratam figuras típicas da região, como os cangaceiros, as baianas, os retirantes e as rendeiras.

2. TECELAGEM 

A tecelagem é uma técnica popular nas regiões do Norte e do Nordeste. Bons exemplos de tecelagem são: artesanato em patchwork, tricô, crochê e artesanato em fuxico. Através destas técnicas são fabricados roupas, tapetes, redes, mantas e decorações consideradas originais e únicas, cada peça tendo seu toque exclusivo.

WhatsApp Image 2021-09-15 at 09.48.25.jpeg
pexels-karina-zhukovskaya-7260282.jpg

3. RENDA

pexels-mikhail-nilov-9304507.jpg

Outro item que se destaca no artesanato brasileiro é a renda. A técnica originou-se em Portugal e se disseminou no Brasil durante o período de colonização. A renda tem um papel importante na economia das regiões norte, nordeste e sul. Existem diversos tipos de rendas no artesanato brasileiro, como a singeleza e bilro, podem ser aplicadas em lenços, roupas, toalhas, colchas, redes, fronhas e entre outros itens.

4. CESTARIA

A cestaria é um tipo de artesanato brasileiro que teve origem com os povos indígenas e foi passado de geração para geração. A técnica se destaca principalmente nas regiões Norte e Nordeste. As cestas podem ser feitas com fibras naturais, bambu, cipó, vime, palha de carnaúba e de milho.

A cestaria pode ser utilizada em diversos ambientes, como por exemplo no banheiro para guardar toalhas de rosto, de mão e de banho, isto dá um toque mais natural ao ambiente. As cestas também podem servir como revisteiros na sala de estar, como organizador nos quartos ou como fruteiras na cozinha.

pexels-julia-kuzenkov-1974723.jpg

5. MADEIRA

ong-seleciona-esculturas-de-animais-para-o-decor-como-forma-de-valorizar-artesanato-brasil

  O artesanato com madeira é uma atividade cultural que começou com os indígenas, no estado do Piauí. Começou a ser utilizada nas construções, armas e utensílios, embarcações e instrumentos musicais, máscaras e bonecos. Um grande exemplo é a arte santeira, a técnica que cria esculturas de santos em madeira. Esse trabalho é considerado um patrimônio cultural do artesanato brasileiro, porque a prática é centenária.

  Além dos santos, também encontramos outras peças maravilhosas de artesanato brasileiro feitas de madeira, como móveis, utensílios e cestas.

6. ARTESANATO SUSTENTÁVEL E O CAPIM-DOURADO

  O artesanato brasileiro sustentável produz peças de alto nível usando diversos materiais como a fibra de bananeira, fio de seda artesanal, fibra de coco, entre outros. O capim-dourado é uma das matérias-primas mais famosas do artesanato brasileiro sustentável e é considerado o “ouro do cerrado brasileiro. ” 

  As técnicas de manuseio do Capim Dourado são a herança das comunidades quilombolas. O processo que exige muito cuidado, pois a peça de capim pode quebrar e inutilizar todo aquele filete. Os materiais utilizados para confecção são simples: Capim Dourado, a seda do buriti, e uma agulha.

artesanato-capim-dourado-artesol.jpg

     O artesanato brasileiro é um dos mais expressivos ao redor do mundo e anda lado a lado de toda nossa história. As peças artesanais são inspirações surpreendentes para a criação de espaço com elegância, personalidade e praticidade.  É necessário reconhecer e fortalecer a profissão do artesão/artesã, além de promover e divulgar o artesanato como expressão da diversidade cultural brasileira.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com os amigos!

Referências: @CasaAbril