Construções em Bambu

pexels-rachel-claire-4577658.jpg

Na China e no Japão, o bambu é utilizado há muitos anos para produzir desde hashis até elementos estruturais em construções. Enquanto no Brasil, apesar da abundância do material, o produto atua como figurante em cercas, mobiliário, peças de artesanato e decoração. Apesar do país ter grandes reservas naturais, existe uma falta de divulgação das técnicas construtivas que leva o material a não ser utilizado.

  Nos últimos anos, o bambu vem se destacando na área de construções sustentáveis, diversos profissionais têm explorado as potencialidades do material, assim como a possibilidade de estruturas. Acredita-se que o bambu é uma opção mais sustentável que as madeiras de reflorestamento, auto renovável e rápido crescimento, por exemplo, o eucalipto leva 6 anos para ser cortado, enquanto o bambu apenas 3 anos. Além disso, o bambu demora 60 dias para atingir 18 m, o que favorece edifícios mais espaçosos e com grandes pés direitos.

   O arquiteto responsável por promover o uso do bambu como elemento essencial é Simón Vélez, que atua na Colômbia e a obra mais conhecida é a Catedral Alterna Nuestra Señora de La Pobreza.  Em suas obras, Simón demonstra como bambu pode ser utilizado na arquitetura, como vedação, cobertura e estrutura.

ccluxo-bambu-88-01 casa claudia.jpeg

Catedral Nuestra Señora de la Pobreza

02.umbrella-shaped_bamboo_structure(_zs-studio)- ARCHDAILY.jpg

Você sabe quais são as principais características
do bambu?

 

Leveza: o peso é menor comparado aos demais materiais.

Resistência: aos esforços de tração, flexão e compressão.

Durabilidade: quando bem tratada, a edificação pode durar até 3 décadas.

Economia: o emprego desse material pode representar uma diminuição de até um terço do valor total de um projeto, principalmente quanto à questão do seu transporte até o local da obra;

Eco friendly – a extração do bambu é menos danosa ao meio ambiente; além disso, o material ajuda a prevenir erosões e regular as águas subterrâneas, é biodegradável, renovável e não poluente.

O Jardim de Bambu- Atelier REP

Apesar dos benefícios do bambu, seu uso ainda tem limitações. Ao empregar na construção, deve ser selecionado a espécie correta, tratar de uma forma eficaz, considerar as características, a qualidade do bambu no projeto e construção no local. O bambu é suscetível à dilatação e contração causadas pelas mudanças de temperatura e à absorção de água. Existem técnicas naturais em que o tratamento é feito através de fogo ou água. 

Casa Bambu - Vilela Florez

BRA_9878.jpg

3 PROJETOS PARA SE INSPIRAR!
 

feature_image.jpg

Casa Bambu - Vilela Florez

Área: 180 m²

Ano: 2017

A proposta da casa se baseia em um volume simples para os dormitórios conectado através de pequenas pontes ao estar aberto, pavimentado em pedra como as tradicionais calçadas portuguesas. O estar é protegido lateralmente por dois muros de pedra granítica e sombreado por uma cobertura de madeira. O volume dos dormitórios foram construídos em alvenaria estrutural de blocos de concreto, formando lâminas verticais entre as quais se introduzem painéis de bambu arranjados em espinha de peixe. O bambu sombreia a fachada, contribuindo para o comportamento térmico do edifício.

Casa Ninho Flutuante - Ateliê NgNg

Área: 192 m²

Ano: 2020

O projeto buscou mesclar o bambu e a madeira com o uso de aço e vidro. Foi proposto um brise de bambu, instalado em toda a extensão da fachada principal do edifício  para proteger todos os espaços da casa da forte luz do sol do oeste além de proporcionar um alto grau de privacidade no interior da casa. A malha de bambu permite que a casa esteja sempre aberta e ventilada. Formalmente, esta cortina de bambu da fachada se dobra para a cobertura, transformando-se em uma espécie de telhado que protege o espaço aberto do ático além de proporcionar uma maior sensação de continuidade entre os elementos formais do projeto. 

Floating_Nest_atelierngng____(90) casa ninho flutuante - archdaily.jpg
Centro Comunitário Yuanjue Si Zaixing.jpg

Centro Comunitário YuanJue Si-  Zaixing Architectural

Área: 420 m²

Ano: 2019

Em todo o sistema estrutural, além da estrutura de aço, a cobertura interna e a fachada contam principalmente com bambu para decoração e apoio estrutural. O uso do bambu não é apenas uma decoração simples, mas uma decoração que se reflete no sistema estrutural. A flexibilidade e suavidade do bambu podem, por coincidência, neutralizar a dureza e a frieza da estrutura de aço. Ao mesmo tempo, esta aplicação do novo "bambu" artesanal é também uma nova tentativa e exploração na prática.

E aí, já utilizou bambu em alguma construção? Conta pra gente!
Gostou do conteúdo? Compartilhe com os amigos!