Recife- Pernambuco

VIAGEM-+-ARQ-RECIFEPrancheta-4.png

Tem alguém querendo ir para o nordeste aí? A dica de viagem de hoje é Recife- PE.  A cidade disponibiliza inúmeros passeios culturais, além das mais belas praias. Dentre os pontos turísticos mais visitados, o Recife antigo é um bairro antigo com muita referência estética e cultural. Neste bairro também encontra o Marco Zero, localizado na Praça do Rio Branco e o Museu Cais do Sertão dedicado às histórias e às tradições do povo e da cultura sertaneja.
Bem pertinho dessa área, está o Mercado de São José tem como ponto forte o artesanato regional, que oferece várias opções de souvenires, além da gastronomia típica que não decepciona os visitantes. Outro ponto é a Capela Dourada, uma das igrejas mais bonitas da capital, a Capela Dourada guarda a ostentação e da riqueza do Brasil colonial, com muitos detalhes em ouro, madeiras trabalhadas e pinturas sacras.

A Casa da Cultura de Pernambuco funcionava como Casa de Detenção entre 1855 e 1973, as celas foram transformadas em mais de 110 lojinhas e ajudam a fazer do local um polo muito importante de venda de artesanato. Também tem o Forte das Cinco Pontas representa a última construção dos holandeses, funciona como o Museu da Cidade, com exposições temporárias que abordam a história da capital pernambucana. 
Além desses lugares, tem o Instituto Ricardo Brennand que é localizado nas terras do antigo engenho São João, ocupa uma área de 77.603 m² e é cercado por uma reserva de mata atlântica.  O Instituto possui um valioso acervo artístico e histórico originário da coleção particular do saudoso pernambucano Ricardo Coimbra de Almeida Brennand. O Instituto Ricardo Brennand é dividido em seis partes: bilheteria, galeria, pinacoteca/ biblioteca, Museu de Armas/ Castelo São João, Restaurante Castelus e a Capela de Nossa Senhora das Graças.
O Museu de Armas abriga a coleção de armas brancas, armaduras e obras de arte das mais diferentes procedências e época, também encontra pinturas orientalistas e uma grande variedade de arte decorativa. No Castelo tem os mais preciosos exemplares de vitrais e mobiliários góticos que se misturam com esculturas clássicas, candelabros, tapetes e pinturas, integrando o complexo cultural do Instituto Ricardo Brennand.

VIAGEM-+-ARQ-RECIFEPrancheta-7.png
VIAGEM-+-ARQ-RECIFEPrancheta-5.png
VIAGEM-+-ARQ-RECIFEPrancheta-2.png
VIAGEM-+-ARQ-RECIFEPrancheta-3.png

Já foi pra esse destino? Gostou da nossa dica? Conta pra gente e compartilhe com os amigos!